>
 

Ressuscitar√° - Voltar√°

 

            "E, descendo eles do monte, ordenou-lhes Jesus: A ninguém conteis visão, até que o Filho do Homem ressuscite dentre os mortos." (Mateus 17:9) " E o entregarão aos gentios para ser escarnecido, açoitado e crucificado; mas, ao terceiro dia, ressurgirá." (Mateus 20:19) "Mas, depois da minha ressurreição, irei adiante de vós para a Galiléia." (Mateus 26:32) "... disseram-lhe: Senhor, lembramo-nos de que aquele embusteiro, enquanto vivia, disse: Depois de três dias ressuscitarei." (Mateus 27:63)

            Acima há três referências nas quais Jesus se refere tão claramente a Sua ressurreição após sua morte e sepultamento. Na última referência os judeus expressaram exatamente fé na ressurreição de Jesus, mas queriam ter certeza que não seriam enganados por uma suposta ressurreição. O fato é que Jesus deixou seus discípulos bem avisados com respeito todos os eventos finais do seu ministério terrestre. No entanto, os relatos bíblicos indicam que os discípulos realmente não acreditaram. Nem a ressurreição de Lázaro fez com que eles acreditassem na ressurreição de Jesus. Por medo se esconderam no Cenáculo. Tristes dois deles andaram em direção dc Emaús. Nem acreditaram no relato das mulheres que viram Jesus, que testemunharam do sepulcro vazio. Foram surpresos quando Jesus apareceu repentinamente no meio deles. Tomé nem creu com a apresentação visual de Jesus e foi convidado para colocar seu dedo nos sinais dos cravos em suas mãos.

            Hoje podemos olhar com olhos críticos à incredulidade dos discípulos, pois estamos no outro lado da história. Sabemos a realidade do prometido. Hoje estamos diante de outra promessa, e isto é a volta de Jesus para arrebatar Sua Igreja deste mundo devasso. "Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas. Se assim não fora, eu vo-lo teria dito. Pois vou preparar-vos lugar. E, quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que, onde eu estou, estejais vós também." (João 14:1-3) Esta á apenas uma das numerosas promessas da volta do Senhor. Será possível crer nesta promessa Dele sendo que cumpriu tão nitidamente a promessa de ressuscitar?

            Tiago, no entanto, nos ensinamentos que apenas fé não salva, mas precisa ser acoplada às obras. (Tiago 2:14-26) Disto entendemos que quem realmente crer que o Senhor Jesus voltará para receber Sua Igreja estará em contínua obra de preparação para este evento glorioso. Veja a mensagem dos versículos abaixo:

            "Vede que grande amor nos tem concedido o Pai, a ponto de sermos chamados filhos de Deus; e, de fato, somos filhos de Deus. Por essa razão, o mundo não nos conhece, porquanto não o conheceu a ele mesmo. Amados, agora, somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que haveremos de ser. Sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque haveremos de vê-lo como ele é. E a si mesmo se purifica todo o que nele tem esta esperança, assim como ele é puro." (I João 3:3)

Philip D. Walmer