>
 

Pastor, Fa├ža-me Sentir Bem

 

            Como seria bom se eu pudesse só escrever devocionais para fazer meus leitores sentirem bem. Mas, não posso assim fazer, pois me sinto comovido pelo Espírito Santo para ser uma espécie de João Batista que andou pelos desertos pregando uma mensagem pouco popular, contudo uma que Deus o enviou para anunciar que era de arrependimento e mudança de vida. Meu deserto é diferente, contudo, não deixa de ser deserto. Que espécie de deserto? Um deserto criado pela falta da Palavra de Deus regado pelo derramamento do Espírito Santo. Que adianta eu lhe escrever mensagens acerca de prometidos milagres, prodígios, sinais, riquezas e etc., e no final perder sua alma por falta de preparação para a vinda do Senhor.

            "Conjuro-te, perante Deus e Cristo Jesus, que há de julgar vivos e mortos, a pela sua manifestação e pelo seu reino: prega a palavra, insta, quer seja oportuno, quer não, corrige, repreende, exorta com toda a longanimidade e doutrina. Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina; pelo contrário, cercar-se-ão de mestres segundo as suas próprias cobiças, como que sentindo coceira nos ouvidos; e se recusarão a dar ouvidos à verdade, entregando-se às fábulas." (II Timóteo 4:1-4)

                É surpreendente, e ao mesmo tempo maravilhoso como Deus moveu sobre os escritores da Palavra Dele ao longo de tantos séculos e milênios para descrever com tanta nitidez exatamente o que estamos vendo cumprido diante de nossos olhos. Parece que jamais havia um tempo no qual o povo, sim um povo que até se chama cristão, rejeita as puras doutrinas que por estes homens Deus foram tão claramente declaradas. Em nome de crescimento ministros pregam o que o povo quer ouvir. Várias vezes ao longo dos anos ouvi de pessoas que se declararam corretas nos seus pensamentos por dizer: "A voz do povo é a voz de Deus." Negativo! II Pedro 1:21 declara: "... porque nunca jamais qualquer profecia foi dada por vontade humana; entretanto, homens [santos] falaram da parte de Deus, movidos pelo Espírito Santo." Por tanto, homem nenhum tem autoridade para mudar qualquer coisa da Palavra de Deus.

            Em I Pedro 1:23 o apóstolo Pedro foi movido para fazer a seguinte declaração: "... pois fostes regenerados não de semente corruptível, mas de incorruptível, mediante a palavra de Deus, a qual vive e é permanente." De acordo com Salmos 119:89 a Palavra de Deus não muda: "Para sempre, ó Senhor, está firmada a tua palavra no céu." Sim, a Palavra de Deus está estabelecida nos céus onde o homem não tem acesso para mudar de acordo com seus desejos carnais. Apocalipse 22:18-19 apresenta uma admoestação seriíssima: "Eu, a todo aquele que ouve as palavras da profecia deste livro, testifico: Se alguém lhes fizer qualquer acréscimo, Deus lhe acrescentará os flagelos escritos neste livro; e, se alguém tirar qualquer coisa das palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte da árvore da vida, da cidade santa e das coisas que se acham escritas neste livro." Temo que há muitos que sofrerão os castigos mencionados neste dois versículos.

            "Sobre os teus muros, ó Jerusalém, pus guardas, e que todo o dia e toda a noite jamais se calarão; vós, os que fareis lembrado o Senhor, não descanseis..."  Eu sinto que Deus me colocou sobre os muros da Sua Igreja para declarar a verdade, e não me calarei, nem descansarei até que a morte me leva para o descanso eterno junto ao Senhor.

            "Filho do homem, eu te dei por atalaia sobre a casa de Israel; da minha boca ouvirás a palavra e os avisarás da minha parte." (Ezequiel 3:17) [Leia também Ezequiel 33:2, 6 e 7] Tem aí no meio dos meus leitores alguns que acatarão a pura Palavra de Deus? Tem alguns que possuem a coragem que vem pelo Espírito Santo para ficar irredutíveis neste mundo que rejeita cada vez mais a mensagem de Deus por meio da Sua Palavra, pregada pelos homens por Ele chamados para serem seus porta vozes? [Leia Atos 4:23-31]

Philip D. Walmer