>
 

Uma Coisa Fa├žo

            "Irmãos, quanto a mim, não julgo havê-lo alcançado; mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão..." (Filipenses 3:13)

            Ao terminar o ano que acabou há poucas horas atrás, muitas pessoas fizeram um balanço do ano que findava e descobriram que nem tudo terminou da forma desejada. Por isso estão começando o ano novo fazendo as mais variadas resoluções. O problema com resoluções é que todas acabam quebradas, esquecidas ou descartadas como impossíveis de cumprir, e bem antes de completar o primeiro mês.

            O cristão nunca deve ficar totalmente satisfeito com o desempenho do ano passado, reconhecendo que há sempre possibilidades de melhorar o desempenho em prol do reino de Deus. O apóstolo Paulo reconheceu que não alcançou o marco estabelecido para ele por Deus. Frequentemente pondero se eu estou alcançando o marco estabelecido para mim. A resposta provavelmente é, não. Paulo, no entanto, não jogou a toalha dizendo que é impossível alcançar o alvo espiritual estabelecido para ele. Ele disse: "... uma coisa faço..." Vamos analisar esta declaração:

            Em primeiro lugar ele diz que faz uma coisa. É um problema de muitos de estabelecer tantos alvos que acaba não alcançando nenhum deles. Determina qual é o alvo espiritual mais necessário e trabalha arduamente para alcançá-lo.

            Em segundo lugar ele diz que procurava esquecer o que passou. Você nunca vai alcançar seus alvos se está constantemente remoendo as falhas do passado. Isto é uma artimanha do diabo. Ele procura fazer você focar tanto nas suas falhas que não consegue imaginar que poderia fazer melhor e ser um vencedor. Muitos vivem mentalmente no passado, mas isto não resolve nada. Outros tentam viver no futuro, mas isto é impossível. Precisamos viver o presente e aproveitar todos os recursos que temos para aquele dia.

            Em terceiro lugar avançava. Em falar de avançar, ninguém está falando em pulos de melhoramentos. Um passo para frente é avançar. Orar fervorosamente um dia é avançar. Jejuar uma refeição ou um dia é avançar. Qualquer progresso no exercício de deveres espirituais é avançar. Não devemos desmerecer qualquer progresso. Não deve se desanimar quando o progresso não é tudo que espera. Não estar parado espiritualmente, fazendo progresso, ainda que seja pouco, é avançar e é agradável a Deus e deve ser motivo de alegria para você.

            As muralhas de Jericó não cairam no primeiro dia da marcha de Israel em volta delas. Nem no segundo, nem no terceiro cairam, no entanto progreso estava sendo feito por meio da obediência. O trabalho no sétimo dia foi muito grande, cansativo e talvez aborrecente, mas a persistência valeu e as muralhas caíram. Sua persistência em fazer o que Deus exige de você, um dia de vez, resultará na sua vitória e o alcançar de seu alvo. Talvez seja de orar mais. Começa com cinco minutos diários, que logo se estenderá até estar a porta de alcançar seu alvo desejado.

            Feliz ano novo! Que Deus ajude você avançar este ano!

Philip  D. Walmer