>
 

Conhecido Por Compaix√£o

"Então, os que foram dispersos por causa da tribulação que sobreveio a Estêvão se espalharam até à Fenícia, Chipre e Antioquia, não anunciando a ninguém a palavra, senão somente aos judeus. Alguns deles, porém, que eram de Chipre e de Cirene e que foram até Antioquia, falavam também aos gregos, anunciando-lhes o evangelho do Senhor Jesus. A mão do Senhor estava com eles, e muitos, crendo, se converteram ao Senhor. A notícia a respeito deles chegou aos ouvidos da igreja que estava em Jerusalém; e enviaram Barnabé até Antioquia. Tendo ele chegado e, vendo a graça de Deus, alegrou-se e exortava a todos a que, com firmeza de coração, permanecessem no Senhor. Porque era homem bom, cheio do Espírito Santo e de fé. E muita gente se uniu ao Senhor. E partiu Barnabé para Tarso à procura de Saulo; tendo-o encontrado, levou-o para Antioquia. E, por todo um ano, se reuniram naquela igreja e ensinaram numerosa multidão. Em Antioquia, foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos." (Atos 11:19-26)

            Durante dois anos como comandante de Fort Carson, Colorado, o Major General Mark Graham, ele se tornou conhecido e amado pela forma como tratava os outros. Um colega do Exército EUA disse: "Eu nunca tinha deparado com outro oficial general que era tão compassivo e tão preocupados com o bem-estar dos soldados e suas famílias." Depois de perder um filho ao suicídio e outro que foi morto em combate, Mark e sua esposa Carol, dedicaram-se a ajudar os soldados e as famílias a lidar com stress, depressão e perda relacionados com o serviço militar.

            No livro de Atos, um seguidor de Cristo era conhecido por seu cuidado e preocupação para com os outros. Seu nome era José, mas na igreja primitiva, os apóstolos chamavam de Barnabé - "Filho de consolação". Foi Barnabé que atestou a Saulo recém-convertido quando outros duvidavam da sinceridade de sua fé. "Tendo chegado a Jerusalém, procurou juntar-se com os discípulos; todos, porém, o temiam, não acreditando que ele fosse discípulo. Mas Barnabé, tomando-o consigo, levou-o aos apóstolos; e contou-lhes como ele vira o Senhor no caminho, e que este lhe falara, e como em Damasco pregara ousadamente em nome de Jesus." (Atos 9:26-27). Mais tarde, Barnabé levou Saulo de Tarso para ensinar os crentes em Antioquia. "E partiu Barnabé para Tarso à procura de Saulo; tendo-o encontrado, levou-o para Antioquia. E, por todo um ano, se reuniram naquela igreja e ensinaram numerosa multidão. Em Antioquia, foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos." (Atos 11:25-26) E foi Barnabé quem queria dar a João Marcos uma segunda chance após seu fracasso em uma viagem missionária anterior. "Alguns dias depois, disse Paulo a Barnabé: Voltemos, agora, para visitar os irmãos por todas as cidades nas quais anunciamos a palavra do Senhor, para ver como passam. E Barnabé queria levar também a João, chamado Marcos. Mas Paulo não achava justo levarem aquele que se afastara desde a Panfília, não os acompanhando no trabalho." (Atos 15:36-38)

            A compaixão é um sentimento interno, resultando em ação exterior. Deve ser o nosso uniforme diário de serviço. "Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de ternos afetos de misericórdia, de bondade, de humildade, de mansidão, de longanimidade." (Colossenses 3:12) Pela graça de Deus, que possamos ser conhecido por isso.

 

Senhor ajuda-nos a ser compassivos

Para as pessoas em seu sofrimento;

Em seguida, dizer-lhes do amor de Cristo,

Quem trará seu alívio às almas.

 

 Pensamento do Dia: A verdadeira compaixão é o amor em ação.