>
 

Jesus Pagou O Pre├žo Para Mim

        Um dos mais difíceis cristão de Deus  para influenciar é o único que não perdoará a si mesmo. Eles permanecem intimidados por um passado de experiência e escravizados para a pós-experiência de culpa.
      O Evangelho de Jesus Cristo exige que tomamos cuidado com qualquer pensamento escravizante que provocaria uma indulgência contínua de auto-condenação depois que se arrependeu de seu pecado, "Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus." (Romanos 8:1)
       Pelo perdoar a si mesmos, eles devem colocar cada pensamento condenatório e condescendente em cativeiro a Cristo Jesus e começar a pensar biblicamente acerca da morte de Cristo, "Porque decidi nada saber entre vós, senão a Jesus Cristo e este crucificado." (1 Coríntios 2:2); "... e toda altivez que se levante contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência de Cristo..."  (2 Coríntios 10:5). A única razão porque Deus é justificado para perdoar pecado é a morte de Seu Filho, Jesus Cristo.
        A morte de Jesus Cristo pelos nossos pecados era necessária. Pois não podemos conseguir a bênção de salvação pela virtude de nossa própria justiça. Ou nós recebemos o dom da salvação LIVREMENTE, ou fazemos sem ele. O perdão de Deus não é dificultado, no mínimo para todos os que estão em Cristo Jesus "Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis. Se, todavia, alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo; e ele é a propiciação pelos nossos pecados e não somente pelos nossos próprios, mas ainda pelos do mundo inteiro." (1 João 2:1,2). Não importa como você se sente, não importa o que as acusações que você pode lutar com o interior ou exterior, Jesus Cristo jamais condenou quem Ele comprou com o seu sangue.
        Sabendo do fato de que Jesus Cristo é nosso Salvador e amigo, nos impedirá de exagerar para pensamentos opressivo de culpa. A resposta do mundo para culpa, pressão, e sofrimento é procurar alguém para culpar, desenvolver um profundo desejo de fugir, negar o problema, ou cair em depressão. Estes não são os hábitos que podemos dar ao luxo de viver. Probabilidades estranha pressionará contra você.
        Não importa o que está acontecendo em sua vida, Cristo está ansioso para perdoar e restaurar. Sabe que há certas entradas para uma renovada comunhão com o Pai celestial. Seu relacionamento com Cristo torna o perdão desejável e benéfico. A salvação é Cristo crucificado; a obra terminada, o crente justificado.

Pensamento do Dia:  "A felicidade depende mais do bom uso daquilo que temos do que daquilo que nos falta."