>
 

O Ref├║gio do Santos de Deus

"Porque tu, ó Senhor, és o meu refúgio! O Altíssimo é a tua habitação." (Salmos 91:9)

Os Israelitas no deserto continuamente foram expostos às mudanças. Quando o pilar de fogo manteve-se em um só lugar as tendas foram armadas; mas no dia seguinte, quando o sol raiava o trompete soava, e as pessoas estavam em marcha novamente. Eles seguiram a Arca da Aliança através dos estreitos percursos da montanha, subiam pelos morros, ou pelo solo árido do deserto. Eles raramente tiveram tempo para descansar, antes de se ouvir o som de "Em Marcha. Este não é seu lugar de repouso; você deve se forçar adiante, marchando no sentido da Terra Prometida!" Eles nunca ficaram muito tempo em só um lugar. Mesmo os poços e palmeiras não poderiam deter-los. No entanto tinham uma habitação permanente em seu Deus. O pilar de nuvem de dia foi a sua sombra e pilar de fogo de noite foi para eles a luz nas suas tendas.  Eles devem passar adiante de um lugar para outro, continuamente mudando, nunca tendo tempo para se acomodar.

Era neste contexto que Moisés disse, "Senhor, tu tens sido o nosso refúgio, de geração em geração." (Salmos 90:1) Embora que nós estamos sempre mudando, o Senhor tem sido nossa habitação através das gerações. O cristão não conhece nenhuma mudança em relação a Deus. O cristão pode ser rico hoje e pobre amanhã; ele pode ser doente hoje e saudável amanhã; ele pode estar feliz hoje, mas amanhã desolado. Mas não há nenhuma alteração no seu relacionamento com Deus. Se Deus me amou ontem, Ele me ama hoje. Meu imutável estado de descanso é meu Deus. Deixe que perspectivas sejam frustradas; deixe o gozo murchar; deixe o mofo e ferrugem destruir tudo; eu não tenho perdido nada do que tenho em Deus. Sou um viajante neste mundo, mas em casa na habitação do meu Deus. Ele é "minha eterna habitação."

Adaptado de Morning e Evening.