>
 

O Pre├žo da Desobedi├¬ncia - 1

Leitura Bíblica - Deuteronômio 28

Número 1

 

            No Livro de Deuteronômio no seu vigésimo oitavo capítulo há um discurso de sessenta e oito versículos. Do versículo um ao quatorze se trata das bênçãos que abençoarão a nação de Israel, decorrentes da obediência, enquanto os restantes tratam do castigo que recairá sobre Ela caso resolvesse andar em desobediência às leis e mandamentos do Senhor. Ao ler as abrangentes promessas que Deus fez para com este povo se fossem obedientes, fico estarrecido por que Ela optaria pela desobediência sendo que as consequências seriam muitas e terríveis.

            Dois versículos que me chamaram atenção dizem: "Porquanto não serviste ao Senhor, teu Deus, com alegria e bondade de coração, não obstante a abundância de tudo. Assim, com fome, com sede, com nudez e com falta de tudo, servirás aos inimigos que o Senhor enviará contra ti; sobre o teu pescoço porá um jugo de ferro, até que te haja destruído." (vv. 47-48)

            Na vida desta nação escolhida por Deus chegou o momento e que eles começaram pensar que servir a Deus e obedecer às suas leis era penoso. Como nação eles começaram a retroceder da vontade de Deus e fazer tudo da maneira que acharam mais fácil, seguindo as crenças e práticas idólatras das nações em volta. Deus chamou esta nação desde Abraão para ser um povo diferente, separado e um povo exclusivo de Dele, que não adotaria, nem seguiria que o resto do mundo praticava.

            Deus instituiu Sua Igreja para seguir o mesmo padrão: "Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes o daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz..." (I Pedro 2:9) Tem não poucas pessoas crentes hoje que acham ser um povo separado e exclusivo de Deus é muito penoso. A nação de Israel era tipo ou sombra daquilo que a Igreja da Era da Graça seria; o cumprimento do plano de Deus para um povo exclusivo Dele. No entanto, o que acontece hoje assusta diante do castigo que Deus prometeu a Israel. [Aconselho a leitura inteira do texto de Deuteronômio 28.] A igreja de hoje está de muitas maneiras assemelhando-se ao mundo. Ela está se dobrando diante dos ídolos do mundo e copiando suas maneiras e costumes. Parece que não tem nada demais em fazer aquilo. Parece que todos estão alegres e contentes.

            No entanto, se prestar atenção, a Igreja está sendo cada dia mais escrava do mundo, com o qual quer se assemelhar. Os poucos ministros que ainda têm a coragem de pregar a pura palavra de Deus estão se vendo sujeitos às leis de censura do mundo que proíbem o mencionar de determinados atos que a Bíblia condena como pecado.  A Igreja em eras passadas teve o poder de Deus residente dentro Dela. O mundo se curvava diante Dela. Mas hoje se vê uma Igreja sem poder, sem a presença de Deus como em dias anteriores. A Igreja de hoje está sendo obrigada a prestar obediência ao mundo que rejeita a Deus, rejeita suas leis, nega até a sua existência, despreza tudo relacionado com uma vida de separação, pureza e santidade. Que Deus possa despertar Sua Igreja antes que Ela seja totalmente exterminada do mundo.

Philip D. Walmer

Pensamento do Dia: "Pode-se desejar avivamento, falar sobre avivamento, esperar avivamento, mas não até a Igreja ora se pode experimentar um movimento divino do Espírito Santo." Thomas E. Trask