>
 

A Emboscada Do ├Źndio

            "Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca" (Marcos 14:38).

            Nas regiões geladas da América do Norte, um índio abriu uma vereda por entre a neve, forrando-a com determinada folhagem.

            - O que você está fazendo aí? - perguntou-lhe um amigo, que, por acaso, passava pelo lugar.

            -  Uma armadilha para coelhos - respondeu o índio.

            - Mas, onde está a armadilha?

            - Ah! - replicou o índio, sorridente - somente a colocarei daqui a duas semanas.

            E prosseguiu: - Primeiro ajeito e mascaro, cuidadosamente, a senda, de modo que os coelhos se acostumem a ela. Por exemplo, hoje à noite, eles virão e terão temor de passar pela vereda; porém, amanhã se apro­ximarão um pouco mais. Depois, um deles cruzará a picada.

            Decorridas algumas noites, eles ficarão familiarizados com o cami­nho, perderão o receio, e, dentro em breve, todos estarão acostumados com a passagem e a utilizarão com frequência, sem nenhum medo. Então, colocarei a armadilha no meio da folhagem, e, em seguida, comerei coelhos todos os dias!

            - Formidável! - retrucou o amigo transeunte - Você está usando a mesma tática que Satanás emprega com os crentes!

            Em primeiro lugar, ele atrai os cristãos a alguma armadilha que lhes dê a impressão de que não se trata de nada que possa ser considerado "bom ou mau", e, quando os mesmos adquirem confiança, o pérfido inimigo de nossas almas os enlaça e destrói!

 Alfredo Lerín

 

Pensamento do Dia: Nunca haverá boa razão para dar lugar na sua vida ao diabo. O aluguel que ele paga nunca recompensará pelos danos que cria enquanto ocupa espaço na sua vida.  Shelton Smith