photo
Philip D. Walmer

Nascido nos EUA em 1941, formou-se em teologia de Conqueror’s Bible College em 1962 e ingressou no ministério no mesmo ano. Após 12 anos de ministério em vários níveis em sua terra natal, chegou ao Brasil em 1974, onde tem atuado como fundador de igrejas, pastor, evangelista, professor de seminário, entre vários cargos administrativos. Após quase 5 décadas de ministério ele anela compartilhar as coisas aprendidas no decorrer destes anos com pessoas que também anelam um ministério amplo e profundamente sucedido.

Devocional


 
Proteja Sua Mente

Proteja Sua Mente

Considerando os vários órgãos de seu corpo seria muito difícil senão impossível determinar qual deles seja o mais importante. Ao longo dos anos da prática de medicina, foi descoberto que alguns órgãos podem ser removidos do corpo quase sem efeito negativo algum. Nos anos mais recentes a medicina avançou ao ponto de poder fazer reposição de várias partes do corpo, bem como a reposição de órgãos de doadores vivos e mortos. Tudo isto deu mais anos de vida boa para milhares de pessoas.

Tem sido possível também operar no cérebro, porém com resultados bem limitados e frequentemente com efeitos colaterais indesejáveis. E, jamais foi possível fazer uma reposição cerebral. A mente é o lugar onde passa todas as instruções para os demais órgãos do corpo. Sendo de tão grande importância, os motoqueiros protegem a cabeça (mente) com capacetes. Alguns esportes requerem o uso de capacetes também. Resumo: A mente é provavelmente a parte mais importante do corpo humano.

Da mesma forma que a mente é de suma importância para a sobrevivência do corpo, é também de suma importância para a sobrevivência espiritual. Para sobreviver espiritualmente a mente tem que ser protegida das coisas maléficas para a sobrevivência espiritualmente. O corpo humano precisa ser alimentado com alimentação saudável, e caso não o corpo pode adoecer. Quando pessoas não cuidam bem a alimentação espiritual de sua alma, ela também adoece e põe em risco a salvação eterna.

No livro de Filipenses 4:8-9, o apóstolo Paulo elabora em poucas palavras algumas das coisas com as quais devemos ocupar nossas mentes, terminando o texto com uma promessa firme e algo que todos sempre querem: “Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento. O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso praticai; e o Deus da paz será convosco.” (RA)

“Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas. Ponham em prática tudo o que vocês aprenderam, receberam, ouviram e viram em mim. E o Deus de paz estará com vocês.” (NIV) Quer paz em 2018? Segue, então, as instruções desses versículos e terá paz e sucesso em 2018.

Acabamos de entrar em um novo ano; ano que ainda não conhecemos; ano que talvez tenha os maiores desafios que jamais enfrentamos em nossa vida. O que vai acontecer, se isto se torna realidade na sua vida? Sua alma está em condições para enfrentar estes desafios? Quem sabe ela está enfraquecida pela falta de alimentação saudável. Ou pior, doente por ingerir alimentos espiritualmente prejudiciais para a alma. Deita cada noite pensando que durante seu sono, o Senhor pode voltar para receber a Sua Igreja. Começa cada dia pensando que a profecia de Lucas 17:34-36.

Proteja a sua mente que é de onde partem as coisas que contamina a alma e provocam a perda da alma. Tenha um bem-sucedido 2018, espiritualmente sucedido!

Pastor Philip D. Walmer

 

Avisos

Leitor,

Você quase não encontra tempo para ler Sua Bíblia. É difícil de ler alguns livros, então montei uma tabela de Leitura Bíblica que lhe ajudará. Vá até o site: www.simfiel.com.br/rec_adult.php

 

 

A dádiva de amizade verdadeira é que nos toma pela mão e faz nos lembrar que não estamos sozinhos nesta jornada.